Procurar questões

Nota do moderador: 4,0 |
História dos impostos
Geovan Tipo de Questão: Dinâmica Fundamental II Ciências Humanas

TEXTO

Brasil ocupa último lugar em ranking de retorno social de impostos (GUILHERME UCHOA EM 25 DE ABRIL DE 2017) 

Um levantamento feito entre as 30 nações com maior carga tributária apontou que o Brasil é o que pior traduz em retorno para a população os impostos arrecadados.

De acordo com um levantamento feito pelo Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação (IBPT), o Brasil ocupa o último lugar no ranking dos 30 países com maior carga tributária do mundo no que diz respeito ao retorno de valores arrecadados em prol do bem-estar da sociedade.

Sendo assim, entre as nações onde o fardo tributário é mais pesado, o Brasil é aquele em que a população recebe o pior retorno. Foi essa a constatação feita pelo presidente do IBPT, João Eloi Olenike. Para ele, apesar de pagar uma das maiores cargas tributárias do mundo, o brasileiro continua recebendo péssimos serviços públicos. Além disso, ele também criticou o possível aumento de impostos que o governo está sinalizando.

“O governo deveria se preocupar com o corte de alguns gastos que continuam excessivos no Brasil. Não é mais possível aumentar impostos para financiar más administrações do dinheiro público”, disse.

Rankings
No levantamento dos 30 países com maiores cargas tributárias do mundo, o Brasil ocupa a 14ª colocação, com os tributos representando 35,04% em relação ao PIB nacional. No topo da lista encontram-se Dinamarca (45,2%), Finlândia (44%) e Bélgica (43,2%).

A relação ainda conta com nações como França (4º lugar, com 43%), Alemanha (12º, com 36,7%), Reino Unido (17º, com 32,9%) e Estados Unidos (28º lugar, com 26,4%).

Já no índice de retorno ao bem estar da sociedade, o Brasil fica com a 30ª e última posição. O pódio desse ranking é ocupado por Austrália, Coréia do Sul e Estados Unidos que, na relação de maiores cargas tributárias, figuram, respectivamente, em 26º, 30º e 28º lugares.

“Analisando a carga tributária dos 30 países que mais pagam impostos com o Índice de Desenvolvimento Humano, o Brasil permanece na última colocação. Se compararmos com outros países em desenvolvimento ou nossos vizinhos da América do Sul, percebemos que o brasileiro paga muito para ter pouco retorno”, explica o presidente do IBPT.

Tributação sobre a renda
Ainda de acordo com Olenike, o foco tributário brasileiro está sobre o consumo, o que afeta mais o bolso da população mais pobre e vai na contramão do que é feito no mundo.

“Infelizmente a gula arrecadatória do governo atinge quem tem menor poder aquisitivo. Gostaríamos de ver o governo tributando mais a renda, o patrimônio e o lucro, no lugar de tributar cada vez mais o consumo. Essa é uma tributação agressiva e pune quem tem menos condições financeiras”, avalia.

QUESTÃO
Após a leitura do texto, reunir os alunos e fazer uma roda de conversa a respeito do tema: a história dos tributos no mundo e no Brasil. Segue na resposta sugestões.


- A origem dos impostos passando pela História antiga (ex.: escribas no Egito), pela cobrança feita na idade média, no império romano, etc. e suas consequências;

- O Brasil como colônia de exploração; bem como a origem da expressão “quinto dos infernos” e a Inconfidência Mineira; 

- As diferenças entre países com maior ou menor intervenção do estado na economia e o índice de retorno de bem estar social;

Avalie
Nota do moderador: 5,0 |
Retorno de impostos / Morfologia / Sintaxe
Geovan Tipo de Questão: Aberta Médio Linguagens

TEXTO


Brasil ocupa último lugar em ranking de retorno social de impostos (GUILHERME UCHOA EM 25 DE ABRIL DE 2017)


Um levantamento feito entre as 30 nações com maior carga tributária apontou que o Brasil é o que pior traduz em retorno para a população os impostos arrecadados.

De acordo com um levantamento feito pelo Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação (IBPT), o Brasil ocupa o último lugar no ranking dos 30 países com maior carga tributária do mundo no que diz respeito ao retorno de valores arrecadados em prol do bem-estar da sociedade.

Sendo assim, entre as nações onde o fardo tributário é mais pesado, o Brasil é aquele em que a população recebe o pior retorno. Foi essa a constatação feita pelo presidente do IBPT, João Eloi Olenike. Para ele, apesar de pagar uma das maiores cargas tributárias do mundo, o brasileiro continua recebendo péssimos serviços públicos. Além disso, ele também criticou o possível aumento de impostos que o governo está sinalizando.

“O governo deveria se preocupar com o corte de alguns gastos que continuam excessivos no Brasil. Não é mais possível aumentar impostos para financiar más administrações do dinheiro público”, disse.

Rankings
No levantamento dos 30 países com maiores cargas tributárias do mundo, o Brasil ocupa a 14ª colocação, com os tributos representando 35,04% em relação ao PIB nacional. No topo da lista encontram-se Dinamarca (45,2%), Finlândia (44%) e Bélgica (43,2%).

A relação ainda conta com nações como França (4º lugar, com 43%), Alemanha (12º, com 36,7%), Reino Unido (17º, com 32,9%) e Estados Unidos (28º lugar, com 26,4%).

Já no índice de retorno ao bem estar da sociedade, o Brasil fica com a 30ª e última posição. O pódio desse ranking é ocupado por Austrália, Coréia do Sul e Estados Unidos que, na relação de maiores cargas tributárias, figuram, respectivamente, em 26º, 30º e 28º lugares.

“Analisando a carga tributária dos 30 países que mais pagam impostos com o Índice de Desenvolvimento Humano, o Brasil permanece na última colocação. Se compararmos com outros países em desenvolvimento ou nossos vizinhos da América do Sul, percebemos que o brasileiro paga muito para ter pouco retorno”, explica o presidente do IBPT.

Tributação sobre a renda
Ainda de acordo com Olenike, o foco tributário brasileiro está sobre o consumo, o que afeta mais o bolso da população mais pobre e vai na contramão do que é feito no mundo.

“Infelizmente a gula arrecadatória do governo atinge quem tem menor poder aquisitivo. Gostaríamos de ver o governo tributando mais a renda, o patrimônio e o lucro, no lugar de tributar cada vez mais o consumo. Essa é uma tributação agressiva e pune quem tem menos condições financeiras”, avalia.

QUESTÃO
a) Classifique a classe gramatical das palavras grifadas no seguinte período: “Essa é uma tributação agressiva e pune quem tem menos condições financeiras”.

b) Classifique sintaticamente as orações do 1º período do 3º parágrafo do texto.
“Sendo assim, entre as nações onde o fardo tributário é mais pesado, o Brasil é aquele em que a população recebe o pior retorno.“


a)

Essa – pronome demonstrativo

é – Verbo de ligação no presente do indicativo
uma – artigo indefinido
agressiva – adjetivo
e – conjunção aditiva
menos – advérbio de intensidade
condições – substantivo abstrato

b)
Oração principal - Sendo assim, entre as nações, o Brasil é. 
Oração subordinada adjetiva restritiva - onde o fardo tributário é mais pesado.
Oração subordinada substantiva predicativa - aquele em que a população recebe o pior retorno.

Avalie
Nota do moderador: 4,0 |
Retorno de impostos / PIB / Matemática
Geovan Tipo de Questão: Aberta Médio Matemática

TEXTO 

Brasil ocupa último lugar em ranking de retorno social de impostos (GUILHERME UCHOA EM 25 DE ABRIL DE 2017)


Um levantamento feito entre as 30 nações com maior carga tributária apontou que o Brasil é o que pior traduz em retorno para a população os impostos arrecadados.

De acordo com um levantamento feito pelo Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação (IBPT), o Brasil ocupa o último lugar no ranking dos 30 países com maior carga tributária do mundo no que diz respeito ao retorno de valores arrecadados em prol do bem-estar da sociedade.

Sendo assim, entre as nações onde o fardo tributário é mais pesado, o Brasil é aquele em que a população recebe o pior retorno. Foi essa a constatação feita pelo presidente do IBPT, João Eloi Olenike. Para ele, apesar de pagar uma das maiores cargas tributárias do mundo, o brasileiro continua recebendo péssimos serviços públicos. Além disso, ele também criticou o possível aumento de impostos que o governo está sinalizando.

“O governo deveria se preocupar com o corte de alguns gastos que continuam excessivos no Brasil. Não é mais possível aumentar impostos para financiar más administrações do dinheiro público”, disse.

Rankings
No levantamento dos 30 países com maiores cargas tributárias do mundo, o Brasil ocupa a 14ª colocação, com os tributos representando 35,04% em relação ao PIB nacional. No topo da lista encontram-se Dinamarca (45,2%), Finlândia (44%) e Bélgica (43,2%).

A relação ainda conta com nações como França (4º lugar, com 43%), Alemanha (12º, com 36,7%), Reino Unido (17º, com 32,9%) e Estados Unidos (28º lugar, com 26,4%).

Já no índice de retorno ao bem estar da sociedade, o Brasil fica com a 30ª e última posição. O pódio desse ranking é ocupado por Austrália, Coréia do Sul e Estados Unidos que, na relação de maiores cargas tributárias, figuram, respectivamente, em 26º, 30º e 28º lugares.

“Analisando a carga tributária dos 30 países que mais pagam impostos com o Índice de Desenvolvimento Humano, o Brasil permanece na última colocação. Se compararmos com outros países em desenvolvimento ou nossos vizinhos da América do Sul, percebemos que o brasileiro paga muito para ter pouco retorno”, explica o presidente do IBPT.

Tributação sobre a renda
Ainda de acordo com Olenike, o foco tributário brasileiro está sobre o consumo, o que afeta mais o bolso da população mais pobre e vai na contramão do que é feito no mundo.

“Infelizmente a gula arrecadatória do governo atinge quem tem menor poder aquisitivo. Gostaríamos de ver o governo tributando mais a renda, o patrimônio e o lucro, no lugar de tributar cada vez mais o consumo. Essa é uma tributação agressiva e pune quem tem menos condições financeiras”, avalia.

QUESTÃO
a) Segundo o texto, os EUA ocupam 3º lugar no índice de retorno ao bem estar da sociedade. E dentre os 30 países, qual a posição como menor arrecadador de impostos?
b) Se em média um finlandês pagou US$ 20.108,00 de impostos em 2017, então quanto foi o PIB per capita da Finlândia nesse ano?


a) 3º Lugar.

b) 45.700 dólares.

Avalie
Nota do moderador: 5,0 |
Retorno de impostos / PIB / Física
Geovan Tipo de Questão: Aberta Médio Ciências da Natureza

TEXTO

Brasil ocupa último lugar em ranking de retorno social de impostos  (GUILHERME UCHOA EM 25 DE ABRIL DE 2017)

Um levantamento feito entre as 30 nações com maior carga tributária apontou que o Brasil é o que pior traduz em retorno para a população os impostos arrecadados. 

De acordo com um levantamento feito pelo Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação (IBPT), o Brasil ocupa o último lugar no ranking dos 30 países com maior carga tributária do mundo no que diz respeito ao retorno de valores arrecadados em prol do bem-estar da sociedade.

Sendo assim, entre as nações onde o fardo tributário é mais pesado, o Brasil é aquele em que a população recebe o pior retorno. Foi essa a constatação feita pelo presidente do IBPT, João Eloi Olenike. Para ele, apesar de pagar uma das maiores cargas tributárias do mundo, o brasileiro continua recebendo péssimos serviços públicos. Além disso, ele também criticou o possível aumento de impostos que o governo está sinalizando.

“O governo deveria se preocupar com o corte de alguns gastos que continuam excessivos no Brasil. Não é mais possível aumentar impostos para financiar más administrações do dinheiro público”, disse.

Rankings

No levantamento dos 30 países com maiores cargas tributárias do mundo, o Brasil ocupa a 14ª colocação, com os tributos representando 35,04% em relação ao PIB nacional. No topo da lista encontram-se Dinamarca (45,2%), Finlândia (44%) e Bélgica (43,2%).

A relação ainda conta com nações como França (4º lugar, com 43%), Alemanha (12º, com 36,7%), Reino Unido (17º, com 32,9%) e Estados Unidos (28º lugar, com 26,4%).

Já no índice de retorno ao bem estar da sociedade, o Brasil fica com a 30ª e última posição. O pódio desse ranking é ocupado por Austrália, Coréia do Sul e Estados Unidos que, na relação de maiores cargas tributárias, figuram, respectivamente, em 26º, 30º e 28º lugares.

“Analisando a carga tributária dos 30 países que mais pagam impostos com o Índice de Desenvolvimento Humano, o Brasil permanece na última colocação. Se compararmos com outros países em desenvolvimento ou nossos vizinhos da América do Sul, percebemos que o brasileiro paga muito para ter pouco retorno”, explica o presidente do IBPT.

Tributação sobre a renda

Ainda de acordo com Olenike, o foco tributário brasileiro está sobre o consumo, o que afeta mais o bolso da população mais pobre e vai na contramão do que é feito no mundo.

“Infelizmente a gula arrecadatória do governo atinge quem tem menor poder aquisitivo. Gostaríamos de ver o governo tributando mais a renda, o patrimônio e o lucro, no lugar de tributar cada vez mais o consumo. Essa é uma tributação agressiva e pune quem tem menos condições financeiras”, avalia.


QUESTÃO

Usando os conhecimentos de Movimento Retilíneo Uniforme (MRU) e Movimento Retilíneo Acelerado (MRA), ou seja, equações horárias de 1º e 2º graus, responda:

a) Como vimos no texto, a Austrália é o país que mais tem retorno do imposto recolhido. Seu PIB per capita, em 2017, era de US$ 53.800,00 e sua população de 24,6 milhões de habitantes. Então, qual foi o PIB da Austrália em 2017?

b) Supondo que a taxa de crescimento do seu PIB se mantivesse em 4% ao ano e o crescimento populacional nulo, em quantos anos o PIB da Austrália iria alcançar o PIB do Brasil, que em 2017 foi de cerca do dobro da Austrália, caso este mantivesse uma retração de 1% ao ano?






a) Sendo nesse caso espaço (S) = PIB ($); velocidade (V) = crescimento/retração do PIB e aceleração (a) = 0 devido a “mantivesse”:

So = $o = PIB AUS 2017 = 53.800,00 x 24,6M = US$ 1.323.480 milhões

b) Utilizando as equações horárias:
$ = $o + V . Δt + a . t2/2; sendo a = 0; então: $ = $o + V . Δt

$AUS = $BRA ; então:

$oAUS + 0,04 x $oAUS x t = $oBRA -0,01 x $oBRA x t
$oAUS + 0,04 x $oAUS x t = 2 x $oAUS -0,01 x 2 x $oAUS x t
0,04 x $oAUS x t + 0,02 x $oAUS x t = $oAUS

t = 16,67 anos.

Nessas condições o PIB da Austrália alcançaria o do Brasil em 16 anos e 8 meses.

Avalie
Nota do moderador: 5,0 |
Autoridade por um dia / Representantes
Geovan Tipo de Questão: Dinâmica Fundamental II Ciências Humanas

O projeto "Autoridade por um dia" visa uma maior aproximação entre jovens estudantes e seus representantes, além de ter a oportunidade de conhecer sobre os poderes.


Nesse projeto, alguns alunos das escolas do município são escolhidos para passar um dia com uma autoridade representante como: o Chefe do Poder Executivo Municipal, os Secretários Municipais, os Vereadores etc. acompanhando suas atividades em situação real de trabalho. Assim, podem vivenciar na prática as suas funções, tendo a percepção real dos seus trabalhos e a conscientização sobre a importância da participação da população na vida pública.


Ao fim, os participantes do projeto fazem um relatório das atividades que foram acompanhadas e depois recebem da autoridade que foi acompanhada, um certificado do projeto “Autoridade por um Dia”. 


FONTE: Escola do Legislativo de Pouso Alegre


O projeto pode ser estendido para diversas áreas importantes tais como: bombeiros, polícia rodoviária, exército, poder judiciário, Ministério Público, Companhias de água e energia, INSS, Associações (comercial, das indústrias, de bairros), etc. para que os jovens tenham contato com essas instituições tão fundamentais do nosso dia a dia e que não são estudadas tradicionalmente nas escolas.

Avalie
Nota do moderador: 5,0 |
Leitura / Revistinha / Plenarinho
Geovan Tipo de Questão: Dinâmica Fundamental I Linguagens

O site do Plenarinho da Câmara dos Deputados disponibiliza uma coleção incrível de revistinhas, além de jogos, passatempos, áudios, etc. Essa é ótima ideia para treinar a leitura das crianças estudando sobre cidadania!


https://plenarinho.leg.br/


https://plenarinho.leg.br/

Avalie
Nota do moderador: 3,0 |
Literatura/ Política
Rebeca - escola: Faculdade de Direito do Sul de Minas Tipo de Questão: Fechada Médio Linguagens

Segundo quadro:

Uma sala da prefeitura. O ambiente é modesto. Durante a mutação, ouve-se um dobrado e vivas a Odorico, "viva o prefeito" etc. Estão em cena Dorotéa, Juju, Dirceu, Dulcinéa, o vigário e Odorico. Este último, à janela, discursa.
ODORICO - Povo sucupirano! Agoramente já investido no cargo de Prefeito, aqui estou para receber a confirmação, a ratificação, a autenticação e por que não dizer a sagração do povo que me elegeu. Aplausos vêm de fora.
ODORICO - Eu prometi que o meu primeiro ato como prefeito seria ordenar a construção do cemitério. Aplausos, aos quais se incorporam as personagens em cena.
ODORICO - (Continuando o discurso:) Botando de lado os entretantos e partindo pros finalmente, é uma alegria poder anunciar que prafrentemente vocês já poderão morrer descansados, tranquilos e desconstrangidos, na certeza de que vão ser sepultados aqui mesmo, nesta terra morna e cheirosa de Sucupira. E quem votou em mim, basta dizer isso ao padre na hora da extrema-unção, que tem enterro e cova de graça, conforme o prometido.

GOMES, O. O bem amado. Rio de Janeiro: Ediouro, 2012.

O gênero peça teatral tem o entretenimento como uma de suas funções. Outra função relevante do gênero, explícita nesse trecho de O bem amado, é:
a) Censurar a falta de domínio da língua padrão em eventos sociais
b) Denunciar a escassez de recursos públicos nas prefeituras do interior
c) Criticar satiricamente o comportamento de pessoas públicas
d) Despertar a preocupação da plateia com a expectativa de vida dos cidadãos
e) Questionar o apoio irrestrito de agentes públicos aos gestores governamentais

 *Fonte: ENEM 2017     



Alternativa (c). 

Avalie
Nota do moderador: 3,0 |
Realismo/ Naturalismo / Literatura
Rebeca - escola: Faculdade de Direito do Sul de Minas Tipo de Questão: Fechada Médio Linguagens

Leia o resumo a seguir:

Na Literatura Brasileira, Machado de Assis destacou-se como escritor consciente dos estilos literários de seu tempo e crítico deles. Entre seus escritos, os romances de análise psicológica e os contos tornaram-se atemporais devido a atualidade dos temas. “Conto de escola”, particularmente, pode ser lido em qualquer época, pois o autor realista narra o primeiro contato de um menino, Pilar, com a corrupção e a delação. Tudo começa na escola, em sala de aula, quando Raimundo, filho do mestre, oferece uma moeda a Pilar, seu colega de classe, em troca de umas lições de sintaxe. Conforme o próprio Pilar afirma, teria ajudado o filho do mestre de qualquer modo, sem que este precisasse lhe dar algo em troca. Faria isso só por solidariedade, senso de companheirismo, normalmente considerados na sociedade como características de pessoas de bom caráter. Entretanto, algo leva Pilar a aceitar a moeda que lhe foi oferecida em troca do favor. Outro colega de sala, Curvelo, percebe o que ocorre e denuncia os colegas ao professor. Ambos, Raimundo e Pilar, são castigados com doze bolos de palmatória cada.

Ao narrar essa história, o contista parece ter a concepção de que não somos honestos ou estamos pré-dispostos à desonestidade desde a infância. Que traço é esse do caráter humano a que ele se refere na obra?

a) Inveja
b) Dissimulação
c) Falsidade
d) Corrupção

*Fonte: CESUPA 2018     


Alternativa (d). 

Avalie
Nota do moderador: 4,0 |
Política / Platão / Filosofia
Rebeca - escola: Faculdade de Direito do Sul de Minas Tipo de Questão: Fechada Médio Ciências Humanas

Em relação à política, assunto de grande pertinência mundial, vários pensadores no decorrer da história buscaram compreender afundo este tema. No mundo grego podemos destacar Platão, filósofo grego que entre suas diversas obras, a mais importante tem como tema central a discussão em torno do conceito de justiça e a sociedade ideal, a obra ainda aborda outros temas tais como: as diferentes formas de governo; as virtudes que devem possuir os governantes e que devem existir na cidade, tais como a sabedoria, coragem, temperança e justiça. 

Diante do exposto anteriormente, a obra de Platão que trata especificamente deste assunto é: 

a) Lógica Maior

b) Paideia

c) A República

d) Príncipe



Alternativa (c). 

Avalie
Nota do moderador: 4,0 |
CLT/ Direitos Trabalhistas
Rebeca - escola: Faculdade de Direito do Sul de Minas Tipo de Questão: Fechada Médio Ciências Humanas

A Consolidação das Leis Trabalhistas teve origem no Decreto-Lei de nº 5.452, de 1 de maio de 1943, sancionada pelo então presidente Getúlio Vargas, unificando toda legislação trabalhista existente no Brasil.  Também denominadas de “As leis trabalhistas da era Vargas”, levaram 13 anos de desenvolvimento, e seu principal objetivo é a regulamentação das relações individuais e coletivas do trabalho, nela previstas. Vale lembrar que houve a participação de renomados juristas na criação da CLT que se empenharam na criação de uma legislação trabalhista que atendesse à necessidade de proteção do trabalhador. A CLT rege as relações trabalhistas de trabalhadores urbanos e rurais. Desde sua publicação, houve diversas alterações com vistas a adaptar o texto com as nuances da modernidade.

Considerando os diversos direitos trabalhistas abordados na CLT, assinale a alternativa abaixo que se encontra em desconformidade com a lei trabalhista. 

a) Carteira profissional, registro do trabalhador, férias, seguro-desemprego, fundo de garantia por tempo de serviço.

b) Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS), 13º salário, aviso prévio, adicional noturno, adicional de periculosidade.

c) Hora extra, licença maternidade, férias coletivas, remuneração, anotações na carteira de trabalho.

d) Contrato de trabalho, jornada de 8 horas diárias e 44 horas semanais, período de descanso (DSR), equipamento de proteção individual (EPI´s), segurança e medicina do trabalho.


Alternativa incorreta (A), pois embora muitos não saibam, existem diferenças entre Carteira Profissional e Carteira de Trabalho. A Carteira de Trabalho e Previdência Social, apesar de conhecida erroneamente por carteira profissional, é o documento obrigatório para registro de contrato de trabalho, emitido pelo Ministério do Trabalho.

A Carteira Profissional é a emitida por entidade reguladora de uma determinada categoria profissional, como, por exemplo, a OAB, para os advogados, ou o CREA, para engenheiros e arquitetos.
Vale ressaltar que é possível atestar a diferença entre as duas através da Lei de n°12.037/09, a qual dispõe em seu artigo 2º que "a identificação civil é atestada por qualquer dos seguintes documentos: carteira de identidade, carteira de trabalho, carteira profissional, passaporte, carteira de identificação funcional ou outro documento público que permita a identificação do indiciado".

Avalie
Nota do moderador: 3,0 |
Impostos / Ética / Cidadania
Daiana / Sandra - escola: E.E.B.M. CRIANÇA DO FUTURO – CAIC Tipo de Questão: Dinâmica Fundamental II Matemática


Após explicações sobre tributos, arrecadação e aplicações, vídeos (Como funciona o Brasil - Impostos; Educação Fiscal e Cidadania - Tributos - Que História é Essa?)


Aluno 1

CIDADANIA E TRIBUTOS: Todos nós cidadãos pagamos tributos em qualquer compra ou venda de produtos ou serviços. Tributos correspondem a impostos, taxas e contribuições de melhorias. Todos pagamos altos impostos, mas não vemos o dinheiro aplicado em serviços públicos de qualidade. 

Aluno 2

CIDADANIA E TRIBUTOS: Para que o estado possa cumprir seu papel primordial e necessário obter recursos financeiros, provenientes, na sua maioria, dos tributos arrecadados, para prestar serviços que atendam às necessidades públicas. Esses recursos vêm através do pagamento dos tributos pelas pessoas e são transformados em bens e serviços, tais como:

- Educação; - Saúde; - Segurança publica; - Habitação; - Estradas; - Creches; - Saneamento básico;

Aluno 3

Produtos com carga tributária

Arroz 17% / Feijão 17% / Chicletes 34% / Madeira bruta 42% / Gasolina 53% / Sabonete 37% 

Aluno 4

Aluno 5

        


*PROFESSORES: DEOMIR GHELLER E CLAUDIA MARASKIN


 

Avalie
Nota do moderador: 5,0 |
Impostos / Ética / Cidadania
Daiana / Sandra - escola: E.E.B.M. CRIANÇA DO FUTURO – CAIC Tipo de Questão: Dinâmica Fundamental II Linguagens

PROBLEMA: Instigar o exercício da ética e da cidadania no espaço escolar, com o intuito de expandir essa prática para a vida social dos educandos.

PÚBLICO ALVO: Alunos do 8° ano

OBJETIVO GERAL: Vivenciar valores, aplicando na prática de situações do cotidiano um olhar crítico e ético, tomando decisões a fim de promover plenamente a cidadania.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS:
• Enfatizar a educação para a cidadania, promovendo a igualdade entre as pessoas, ressaltando a relevância social das atitudes dos alunos;
• Estimular nos educandos atitudes de honestidade para a edificação de um mundo melhor;
• Reconhecer que a honestidade é um valor de caráter pessoal com repercussão na dimensão social;
• Propiciar o desenvolvimento de virtudes indispensáveis à formação do caráter humano;
• Formar consciência dos valores éticos e morais;

JUSTIFICATIVA
Diante das situações percebidas no ambiente escolar e social, em geral, de comportamentos antiéticos e do não cumprimento de deveres, surge a necessidade e urgência em trabalhar o tema com as crianças e adolescentes, para que saibam desde cedo que cidadania, direitos e deveres são essenciais na vida de cada um.
É importante que já no ambiente escolar os educandos aprendam que para uma boa convivência e vivência é primordial que conheçam e exerçam seus direitos e deveres enquanto cidadãos. Para tanto, é necessário que cada cidadão, de forma individualizada, saiba que ele é parte fundamental de todo o processo, que não é preciso esperar para que o outro tome uma atitude, que cada ação sua reverte no bem-estar do outro, Visando a igualdade de condições.
As pessoas precisam entender que são imprescindíveis ações coletivas na sociedade, em busca do bem comum, em busca do crescimento pessoal e da comunidade, tornando-se autoras de sua própria história, saber que têm direitos garantidos por lei, e da mesma forma tem deveres que são de sua responsabilidade e intransferíveis.

DESENVOLVIMENTO:

O projeto será desenvolvido a partir de reflexões de textos, vídeos e filme a serem assistidos a respeito do tema, produção de charges, experimento social com venda de chocolates e apresentação do produto final.


1 – TEXTO A SER TRABALHADO E DISCUTIDO

CONCEITO DE CIDADANIA E ÉTICA – PRINCIPAIS DIREITOS E DEVERES DO CIDADÃO.
O que é Cidadania:
Cidadania é o exercício dos direitos e deveres civis, políticos e sociais estabelecidos na Constituição de um país. A cidadania também pode ser definida como a condição do cidadão, indivíduo que vive de acordo com um conjunto de estatutos pertencentes a uma comunidade politicamente e socialmente articulada.
Uma boa cidadania implica que os direitos e deveres estão interligados, e o respeito e cumprimento de ambos contribuem para uma sociedade mais equilibrada e justa.
Exercer a cidadania é ter consciência de seus direitos e obrigações, garantindo que estes sejam colocados em prática. Exercer a cidadania é estar em pleno gozo das disposições constitucionais. Preparar o cidadão para o exercício da cidadania é um dos objetivos da educação de um país.
Entre alguns dos principais deveres e direitos dos cidadãos está:
Deveres do cidadão
• Votar para escolher os governantes;
• Cumprir as leis;
• Educar, respeitar e proteger seus semelhantes;
• Proteger a natureza;
• Proteger o patrimônio público e social do País.
Direitos do cidadão
• Direito à saúde, educação, moradia, trabalho, previdência social, lazer, entre outros;
• O cidadão é livre para escrever e dizer o que pensa, mas precisa assinar o que disse e escreveu;
• Todos são respeitados na sua fé, no seu pensamento e na sua ação na sociedade;
• O cidadão é livre para praticar qualquer trabalho, ofício ou profissão, mas a lei pode pedir estudo e diploma para isso;
• Só o autor de uma obra tem o direito de usá-la, publicá-la e tirar cópia, e esse direito passa para os seus herdeiros;
• Os bens de uma pessoa, quando ela morrer, passam para seus herdeiros;
• Em tempo de paz, qualquer pessoa pode ir de uma cidade para outra, ficar ou sair do país, obedecendo a lei feita para isso.
Ética
O termo ética deriva do grego ethos (caráter, modo de ser de uma pessoa). Ética é um conjunto de valores morais e princípios que norteiam a conduta humana na sociedade. A ética serve para que haja um equilíbrio e bom funcionamento social, possibilitando que ninguém saia prejudicado. Neste sentido, a ética, embora não possa ser confundida com as leis, está relacionada com o sentimento de justiça social.
A ética é construída por uma sociedade com base nos valores históricos e culturais. Do ponto de vista da Filosofia, a Ética é uma ciência que estuda os valores e princípios morais de uma sociedade e seus grupos.
Códigos de ética
Cada sociedade e cada grupo possuem seus próprios códigos de ética. Num país, por exemplo, sacrificar animais para pesquisa científica pode ser ético. Em outro país, esta atitude pode desrespeitar os princípios éticos estabelecidos.
A ética em ambientes específicos
Além dos princípios gerais que norteiam o bom funcionamento social, existe também a ética de determinados grupos ou locais específicos. Neste sentido, podemos citar: ética médica, ética profissional (trabalho), ética empresarial, ética educacional, ética nos esportes, ética jornalística, ética na política, etc.
Antiética
Uma pessoa que não segue a ética da sociedade a qual pertence é chamado de antiético, assim como o ato praticado.
2 – ASSISTIR VÍDEOS EXPLICATIVOS SOBRE CIDADANIA E ÉTICA
Os alunos assistirão vídeos explicativos sobre o tema e que apresentem situações reais de exercício de cidadania e ética no cotidiano das pessoas.

3 – FILME – QUANTO VALE OU É POR QUILO?
Os alunos assistirão o filme Quanto Vale ou É Por Quilo?, de 2005.Trata-se de uma adaptação livre do diretor Sérgio Bianchi para o conto “Pai contra Mãe”, de Machado de Assis. Desenha um painel de duas épocas aparentemente distintas, mas, no fundo, semelhantes na manutenção de uma perversa dinâmica socioeconômica, embalada pela corrupção impune, pela violência e pelas enormes diferenças sociais. No século XVIII, época da escravidão explícita, os capitães do mato caçavam negros para vendê-los aos senhores de terra com um único objetivo: o lucro. Nos dias atuais, o chamado Terceiro Setor explora a miséria, preenchendo a ausência do Estado em atividades assistenciais, que na verdade também são fontes de muito lucro. Com humor afinado e um elenco poucas vezes reunido pelo cinema nacional, Quanto Vale ou É Por Quilo? mostra que o tempo passa e nada muda. O Brasil é um país em permanente crise de valores.
A partir do filme, haverá reflexão e debate do assunto com os alunos, para que eles percebam o quanto é importante e indispensável o exercício da ética e da cidadania. 

4 – PRODUÇÃO DE CHARGES
Charge é um estilo de ilustração que tem por finalidade satirizar, por meio de uma caricatura, algum acontecimento atual com uma ou mais personagens envolvidas. As charges recorrem a variadas estratégias de discurso para produzir os efeitos cômicos e reflexivos a que se propõem.
Mais do que um simples desenho, a charge é uma crítica político-social onde o artista expressa graficamente sua visão sobre determinadas situações cotidianas através do humor e da sátira. Para entender uma charge, não é preciso ser necessariamente uma pessoa culta, basta estar ao par do que acontece ao seu redor. A charge pode ter um alcance maior do que um editorial, por exemplo, por isso a charge, como desenho crítico, é temida pelas pessoas com poder. Por isso que quando se estabelece censura em algum país, a charge pode ser o primeiro alvo dos sensores.
A partir de exemplos a serem demonstrados e das questões já mostradas e estudadas, os alunos desenvolverão charges, demonstrando uma situação de sua vivência que englobe a ética e a cidadania.

5 - EXPERIMENTO SOCIAL
A última etapa do projeto envolverá todos os alunos da escola. Consiste em colocar no refeitório uma caixa com chocolates e outra caixa em formato de cofre. Os alunos serão levados a exercer a sua cidadania, através da ética e do dever de ser honesto. Eles comprarão os chocolates, mas não haverá ninguém fazendo a cobrança, eles deverão colocar o dinheiro na caixa.
Todos os dias serão contados os chocolates e os valores em dinheiro e realizada a contabilidade, para saber se todos que pegaram efetuaram o pagamento.
A expectativa é que os alunos coloquem em prática os conceitos de valores e ética, que estão sendo – em diferentes momentos – trabalhados com todas as turmas e exerçam sua cidadania de forma positiva.
O experimento deve se estender durante uma semana, durante os intervalos matutino e vespertino. Após esse tempo, a contabilidade geral será realizada e debatida entre os alunos participantes do projeto. 

APRESENTAÇÃO DO PRODUTO FINAL
A contabilidade diária, assim como a final, será apresentada e exposta na sala temática destinada à turma durante a Feira do Conhecimento. Os alunos explicarão para os visitantes qual a dinâmica do experimento através de uma simulação.
As charges desenvolvidas pelos alunos também serão expostas.

Avalie
Nota do moderador: 5,0 |
Impostos / Nota de compras / Tecnologias
Carlos André - escola: Escola do Legislativo de Marabá Tipo de Questão: Dinâmica Fundamental II Matemática

1 - Com o telefone celular, ou câmera fotográfica, faça uma foto legível de uma nota de compras.

2 - Depois de feita a foto e tratada no celular, esta pode ser enviada para o e-mail da turma (ou do professor), se houver, ou através do bluetooth ou cartão de memória para um computador, para que sejam acrescentados alguns recursos visuais tais como círculos, retângulos, setas), que possibilitem a discriminação das informações que serão trabalhadas durante a aula.

* Analisando a nota de compras na perspectiva de gênero textual, suas várias características são exploradas, a fim de mostrar aos estudantes sua aplicação prática. Ao proceder assim, o professor permitirá que a turma exerça a cidadania, uma vez que por este instrumento será possível fiscalizar o caminho dos recursos públicos e sua aplicação.
* O professor deverá deixar os alunos à vontade para debaterem sobre suas experiências pessoais com as compras do supermercado, para facilitar e tornar a tarefa mais prazerosa.
* Se desejar, o professor pode propor uma ida ao supermercado com todos ou simular um supermercado, na própria escola.
* Poderão ser apreendidos conhecimentos de matemática (operações básicas e porcentagens), produção de texto (pedir para os alunos narrarem a atividade e o que aprenderam) e de cidadania (discussão a respeito dos impostos sobre o consumo, fiscalização, direitos dos consumidores, transparência, etc.)



Segue alguns exemplos de notas e informações que podem ser extraídas:

1 - A "chave de acesso" permite consultas ao site da Secretaria da Fazenda, responsável pela arrecadação tributária;
2 - A inclusão do CPF na nota garante o envio do imposto de cerca de 30% aos cofres públicos, assim, sua aplicação em prol do bem comum pode ser fiscalizada pelos cidadãos;
3 - Informações como a data da compra ajudam a controlar a periodicidade com que se vai ao supermercado e, portanto, um melhor controle das finanças domésticas;
4 - O "QR Code" é a forma mais prática de acesso ao site da Secretaria da Fazenda (SEFAZ);
5 - O nome do operador pode ser importante na hora de trocar um produto, por exemplo.



Avalie
Nota do moderador: 4,0 |
Hino Nacional / Sintaxe / Significado
Geovan Tipo de Questão: Aberta Médio Linguagens

A letra do Hino Nacional Brasileiro, escrita por Joaquim Osório Duque Estrada, segue o estilo parnasiano, o que justifica a presença de uma linguagem culta e inversões sintáticas, que dificulta a compreensão.

Parte I
Ouviram do Ipiranga as margens plácidas
De um povo heroico o brado retumbante
E o sol da liberdade, em raios fúlgidos
Brilhou no céu da Pátria nesse instante.
Se o penhor dessa igualdade
Conseguimos conquistar com braço forte,
Em teu seio, ó liberdade,
Desafia o nosso peito a própria morte!
Ó Pátria amada,
Idolatrada
Salve! Salve!
Brasil, um sonho intenso, um raio vívido
De amor e de esperança à terra desce,
Se em teu formoso céu, risonho e límpido,
A imagem do resplandece.
Gigante pela própria natureza,
És belo, és forte, impávido colosso
E o teu futuro espelha essa grandeza.
Terra adorada,
Entre outras mil,
És tu, Brasil,
Ó Pátria amada!
Dos filhos deste solo és mãe gentil,
Pátria amada,
Brasil!
Parte II
Deitado eternamente em berço esplêndido
Ao som do mar e à luz do céu profundo,
Fulguras ó Brasil, florão da América,
Iluminado ao sol do Novo Mundo!
Do que a terra, mais garrida,
Teus risonhos, lindos campos têm mais flores,
"Nossos bosques têm mais vida",
"Nossa vida" no teu seio "mais amores."
Ó Pátria amada,
Idolatrada,
Salve! Salve!
Brasil, de amor eterno seja símbolo
O lábaro que ostentas estrelado,
E diga o verde-louro dessa flâmula
- Paz no futuro e glória no passado.
Mas, se ergues da justiça a clava forte,
Verás que um filho teu não foge à luta,
Nem teme, quem te adora, a própria morte.
Terra, adorada,
Entre outras mil,
És tu, Brasil,
Ó Pátria amada!
Dos filhos deste solo és mãe gentil,
Pátria amada,
Brasil!


a) Em que parte do Hino Nacional há alusão a outra escola literária no que se refere à exaltação ufanista, através de trechos entre aspas extraídos de um poema. Qual o nome do autor desse poema e dessa escola literária presentes no Hino Nacional. 

b) Rescreva os versos do Hino Nacional substituindo as palavras em destaque por sinônimos. 

c) Classifique sintaticamente a primeira oração do nosso Hino Nacional, definindo e classificando qual o sujeito, o verbo e o predicado. 




a) Poeta Gonçalves Dias, autor da Canção do Exílio, da 1ª Geração do Romantismo.

 
b) Ouviram do Ipiranga as margens plácidas (calmas, tranquilas, serenas) 
     De um povo heroico o brado (grito, clamor) retumbante (que ressoa, ecoante)
     E o sol da liberdade, em raios fúlgidos (brilhantes, luminosos),
     Se em teu formoso (belo) céu, risonho (repleto de promessas) e límpido (claro),
c) “As margens plácidas do Ipiranga” = sujeito simples com um núcleo (margens). Muitos confundem como adjunto adverbial de lugar, mas deve-se atentar que o artigo não é craseado, portanto não refere-se a lugar.
     “Ouviram” = verbo transitivo direto.
    “o brado retumbante de um povo heroico” = objeto direto

Avalie
Nota do moderador: 4,0 |
Bandeira Nacional / Positivismo
Geovan Tipo de Questão: Fechada Médio Ciências Humanas


O lema da nossa bandeira nacional “Ordem e Progresso” foi instituído após a Proclamação da República e reflete a influência positivista que o Brasil vinha recebendo, em especial sobre os militares, principais responsáveis da pela destituição da Monarquia. Foram influenciados pelo desejo de levar o Brasil para o âmbito dos países modernos e com um saber científico bastante desenvolvido, que através dessa “ORDEM” traria o “PROGRESSO” para o país e o fim do atraso do mesmo. O lema “Ordem e Progresso” foi extraído da fórmula máxima do Positivismo: “O amor por princípio, a ordem por base, o progresso por fim”.

Teve ainda forte influência tanto no processo de Abolição da Escravatura, como na Constituição de 1891. Com a tomada do poder pelos militares em 1964, o uso desse lema foi usado para justificar a forma de governo imposta, ou seja, para haver progresso seria necessário ter a “ordem”, ou seja, todos deveriam respeitar e aceitar as regras impostas pelo governo; qualquer protesto era visto como sinal de contrariedade ao progresso brasileiro.

Assinale a alternativa incorreta com relação ao Positivismo

a) O Positivismo sofreu com a falta de apoio da sociedade, principalmente por pregar que a teologia e a metafísica eram importantes para o conhecimento da vida humana.
b) Segundo do Positivismo de Comte, pela chamada Lei dos Três Estados, o homem passou e passa por três estágios em suas concepções: o teológico, o metafísico ou abstrato e por fim o positivo em que não mais se busca o porquê das coisas, mas sim como elas funcionam.
c) Segundo Comte, as teorias devem ser comprovadas a partir da experiência empírica (da realidade concreta), portanto uma teoria só é válida se for verificável concretamente.
d) Os positivistas abandonaram a busca pela explicação de fenômenos externos, como a criação do homem, por exemplo, para buscar explicar coisas mais práticas e presentes na vida do homem, como no caso das leis, das relações sociais e da ética.
e) No Brasil a influência do positivismo de Comte traduziu-se não só no ideário de nossos republicanos, mas nas ações políticas que acompanharam a Proclamação da República. Entre elas, a separação entre igreja e Estado, o estabelecimento do casamento civil, o fim do anonimato na imprensa e a reforma educacional proposta por Benjamin Constant, um dos mais influentes positivistas brasileiros.



O positivismo foi muito criticado por pregar que a teologia e a metafísica deveriam ser afastadas da vida humana; portanto a alternativa a está incorreta.

Avalie
Nota do moderador: 4,0 |
Meio ambiente / Desastre ambiental
Geovan Tipo de Questão: Fechada Médio Ciências Humanas

No dia 05 de novembro de 2015, o Brasil presenciou o maior acidente da História com rejeitos de mineração. Foram liberados cerca de 60 bilhões de litros de rejeitos de mineração que além de destruir completamente o distrito de Bento Rodrigues, avançou por outras regiões do município de Mariana, Minas Gerais, deixando por onde passava um rastro de prejuízos materiais e ambientais e perdas humanas. De acordo com o Ibama, a quantidade de rejeitos seria capaz de encher 24 mil piscinas olímpicas.

Quanto ao impacto do desastre, assinale V para alternativas verdadeiras e F para alternativas falsas:

(  ) Aumento de oxigênio disponível nos rios da região pelos processos de oxidação do material ferroso depositado no solo.
(  ) A morte dos peixes foi causada pela obstrução das brânquias pela lama que chegou aos rios.
(  ) A lama diminuiu o oxigênio dissolvido na água dos rios atingidos, o que causou a morte dos organismos aquáticos.
( ) A recuperação do rio Doce depende, principalmente, da recuperação da oxigenação da água, que ocorrerá após a deposição dos sedimentos, e só assim organismos poderão voltar ao rio.
(  ) Algas e plantas aquáticas também morreram nos rios atingidos pela lama que foi liberada com o rompimento da barragem, o que afetou diretamente a cadeia alimentar dos ambientes aquáticos.
(  ) A lama liberada não é toxica, segundo a Samarco, sendo formada apenas por óxido de ferro, água e areia. Portanto não houve alteração do pH do solo da região.
(  ) Com o depósito de material particulado no leito dos rios, estes tornam-se mais profundos (assoreamento de rios).
(  ) O rio Doce, após o acidente, morreu completamente, não havendo a menor chance de recuperação daquelas águas.
(  ) Os rejeitos podem prejudicar também a vida marinha, como os recifes de corais de Abrolhos no Espírito Santo.
(  ) O fornecimento de água nas cidades afetadas pelo acidente foi interrompido devido à presença de mercúrio proveniente dos processos de mineração da empresa.
( ) Os dados do Ibama estão equivocados, pois sabendo-se que uma piscina olímpica possui 50m de comprimento, 25m de largura e 2m de profundidade, na verdade os dejetos encheriam 24 milhões de piscinas olímpicas.
(  ) A principal fonte de alimentação das bacias hidrográficas no Brasil é a água da chuva, sendo que os períodos de vazante costumam ocorrer no verão.
(  ) O Rio Doce é classificado como perene e exorreico.



F – V – V – V – V – F – F – F – V – F – F – F – V

Avalie
Nota do moderador: 5,0 |
Misturas / Licitação / Química / Física
Geovan Tipo de Questão: Fechada Fundamental II Ciências da Natureza

Em nossa Constituição Federal, temos um capítulo específico que trata do Meio Ambiente, conferindo a todos o direito ao meio ambiente ecologicamente equilibrado. Mas cabe também ao poder público e a todos nós defender e preservar o meio ambiente para as presentes e futuras gerações. A Lei nº 12.305/2010 Institui a Política Nacional de Resíduos Sólidos e reconhece o resíduo sólido reutilizável e reciclável como um bem econômico e de valor social, gerador de trabalho e renda e promotor de cidadania. E mais do que isso, ainda confere prioridade nas aquisições e contratações governamentais de produtos reciclados e recicláveis. Quanto a ser Catador de Material Reciclável, o Ministério do Trabalho e Emprego já reconhece como uma profissão regulamentada.

Supondo que uma cooperativa de separação de materiais, após ganhar uma licitação de uma prefeitura, resolve mecanizar a produção, ao invés da separação tradicional por catação. Precisa separar os itens da lista de materiais abaixo e entregar em embalagens coloridas que identifiquem o tipo de material, para posterior reaproveitamento em oficinas de artesanato da prefeitura. Em que tipos de processos de separação poderá investir para efetuar o serviço e qual a maneira correta para entrega dos produtos?

Lista de materiais a serem separados: garrafas de plástico, recipientes de vidro e sobras de metal de ferro.

a)
EtapaMaterial a ser retiradoTipo de separaçãoEmbalagem adequada
PlásticoCataçãoVermelho
MetalSeparação magnéticaVerde
Vidro
Amarelo

b)
EtapaMaterial a ser retiradoTipo de separaçãoEmbalagem adequada
PlásticoFlotação + ventilaçãoVerde
MetalFiltração + separação magnéticaAmarelo
Vidro
Vermelho

c)
EtapaMaterial a ser retiradoTipo de separaçãoEmbalagem adequada
PlásticoFlotação + ventilaçãoVermelho
MetalFiltração + separação magnéticaAmarelo
Vidro
Verde

d)
EtapaMaterial a ser retiradoTipo de separaçãoEmbalagem adequada
PlásticoDecantaçãoVermelho
MetalSeparação magnéticaAmarelo
Vidro
Verde



Resposta: Considerando que o lixo é composto pelos três materiais citados, o licitante vencedor poderá levar o lixo em caminhões para a empresa e depositá-lo num tanque com água para que o plástico fique na superfície, uma vez que é menos denso que a água e os demais materiais. Com ventiladores na borda do tanque, separa-se o plástico. Depois, através da filtração, drena-se esta água do tanque, sobrando o metal e o vidro. E, por fim, através de magnetismo, pode-se separar as sobras de ferro, restando somente o vidro. Os materiais após separados deverão ser entregues à prefeitura da seguinte forma: plástico em sacos vermelhos, metal em sacos amarelos e vidro em sacos verdes.

Portanto, alternativa c.

Avalie
Nota do moderador: 4,0 |
Plano Diretor / Efeito Estufa / Função do Vereador
Geovan Tipo de Questão: Aberta Fundamental II Ciências da Natureza

O que é o efeito estufa? Qual a relação com o aquecimento global? Cite dois exemplos de como os representantes dos cidadãos nos municípios (vereadores) poderiam ajudar a sanar esse problema ambiental através das suas funções de legisladores e fiscalizadores.


O efeito estufa é um fenômeno natural em que os raios solares passam pela atmosfera, são irradiados pela superfície terrestre mas ficam retidos na atmosfera pela concentração de gases, mantendo a Terra aquecida, caso contrário seria muito fria. Porém, com a liberação de muitos gases e a irradiação aumentada por alterações na superfície do planeta, como o asfalto, o calor que fica retido na atmosfera é acima do normal e torna-se prejudicial, gerando o aquecimento global.

Toda cidade com mais de 20 mil habitantes é obrigada a ter um Plano Diretor. Portanto, na função de legisladores, os vereadores poderiam aprovar um plano diretor definindo reservas de áreas verdes, local de construção de edifícios e indústrias, loteamentos, plantio de árvores etc. visando um menor índice de poluição nas cidades.

Na função de fiscalizadores, podem exigir do poder executivo que se cumpram leis relacionadas à mobilidade urbana, como por exemplo, a lei municipal de rodízio de veículos em São Paulo, reduzindo a emissão de monóxido de carbono na atmosfera.

Avalie
Nota do moderador: 4,0 |
Hino Nacional / Escolas Literárias
Geovan Tipo de Questão: Fechada Médio Linguagens

A letra do nosso Hino Nacional foi escrita por Joaquim Osório Duque Estrada em 1831. Com o advento da Proclamação da República e por decisão de Deodoro da Fonseca, que governava de forma provisória o Brasil, foi promovido um grande concurso para a composição de outra versão do Hino. Participaram do concurso 36 candidatos, sendo o vencedor Leopoldo Miguez; mas o povo não aceitou o novo hino, já que o de Joaquim Osório havia se tornado extremamente popular. Devido à comoção popular, Deodoro da Fonseca manteve o hino original e considerou a nova composição vencedora como Hino da Proclamação da República. Assinale a alternativa que corresponde à escola literária de Joaquim Osório e o nome de um grande expoente dessa mesma escola literária responsável pela letra do nosso Hino à Bandeira Nacional:

a) Simbolismo / Alberto de Oliveira
b) Romantismo / Gonçalves Dias
c) Parnasianismo / Olavo Bilac
d) Realismo / Machado de Assis
e) Romantismo / Castro Alves


Alternativa c.

Avalie
Nota do moderador: 5,0 | Nota do visitante: 5,00 |
Processo Eleitoral / Folclore / Literatura
Geovan Tipo de Questão: Dinâmica Fundamental I Linguagens

Realizar uma simulação de eleição (nos mesmos moldes da real: com urna, título de eleitor, votação secreta, etc.) na escola ou envolvendo todas as escolas do município, com alunos do ensino fundamental I, para desde cedo já aprenderem a importância de um processo eleitoral, além de já terem contato com alguns temas sociais importantes através da associação com o folclore brasileiro. Ou seja, os candidatos fictícios são personagens que ilustram um tema, como por exemplo, o saci que representa as pessoas com deficiência, enquanto que a Iara, as mulheres. Os candidatos são professores caracterizados como personagens e fazem campanha buscando despertar nas crianças a importância de eleitores conscientes, ou seja, que analisam as propostas de cada candidato para fazerem a escolha e não por outras características como beleza, por exemplo.

Fonte: TRE-DF – Programa Eleitor do Futuro


 

Avalie

© Copyright 2019 - Portal Nacional da Cidadania
www.pcidadania.com.br